PT / EN
 
11.01 > 09.02.2017
Augusto Alves da Silva — Cielo y Luz




Quando em Julho de 1997 fiz Estrada em Obras nos Picos de Europa, encontrei um caminho de terra que me levou a imaginar se seria possível atravessar a Península Ibérica sem conduzir sobre asfalto. Ao longo dos anos que se seguiram, percorri Espanha em busca de trajectos que interliguei com o auxílio de um sistema GPS e mapas, nos quais via as estradas asfaltadas que tentava evitar, enquanto procurava na paisagem as estradas de terra que imaginava possíveis. Parti de Cádiz na madrugada de 19 de Dezembro 2007, na companhia do meu cão Jet, e percorremos cerca de 5.000 km até ficarmos bloqueados pela neve, no dia 7 de Janeiro de 2008, perto do Curavacas (montanha Palentina), próximo do local onde a ideia tinha surgido dez anos antes. A viagem foi feita no sentido sul-norte, num veículo todo o terreno, ao qual adaptei uma câmara que me permitiu fotografar enquanto conduzia a uma velocidade média de 40 Km/h. De um total de 10.131 fotografias, escolhi 5.148 para serem projectadas em vídeo num ecrã de grandes dimensões, numa sequência aleatória, sem fim, ao som de estações de rádio espanholas transmitidas em directo, via internet. Iberia foi apresentado pela primeira vez na exposição Sem Saída / Ensaio Sobre o Optimismo, no Museu de Serralves, Porto, 2009.
As noventa e uma fotografias de Cielo, aqui apresentadas pela primeira vez, foram escolhidas a partir do Iberia e sequenciadas para serem publicadas num livro que ainda não existe. Fi-lo porque agora sinto a necessidade de contemplar estas imagens por tempo indeterminado e em silêncio. Assim, revejo-me ainda mais nas pessoas e animais que surgem nas bermas das estradas, pelos quais sinto um particular afecto. No vídeo Luz, apresentado também pela primeira vez, o plano é fixo e estas árvores poderiam ser mais
uma fotografia de Cielo. Apenas nos ramos mais altos e finos se pode detectar algum pequeno movimento. A imagem escurece lentamente, no final de um dia de Outono.

Augusto Alves da Silva, 2016



créditos © photodocumenta



   
sobre   apoios   edições   imprensa   contactos   2007-2018
Mecenas: HCI / Colecção Maria e Armando Cabral